Calendário / Calendar

Março | Abril | Maio | Junho

Março 2017

Mar

2

14h30 | FCUL | Sala 8.2.02

Ecological indicators of environmental change: diagnose, evaluate and anticipate, apresentação por Cristina Branquinho, Ce3C, FCUL, com introdução por Elena Casetta, CFCUL/Università di Torino no âmbito do projecto de investigação FCT "Que definição de biodiversidade para a protecção da biodiversidade?" (PTDC/IVC-HFC/1817/2014). [+info]

Mar

2

15h00 | FCUL | Sala 6.2.50

Behind (and beyond) diagrammatic representations apresentação de Daniele Molinini, no âmbito dos Seminários de Doutoramento do Programa de Doutoramento Internacional em Filosofia da Ciência, Tecnologia, Arte e Sociedade.

ABSTRACT: Diagrams are widely used in science. And their study is not constrained to philosophy of science but has ramifications in different areas as for instance cognitive science, psychology, mathematics education, logic and history of science. Although the topic has many interdisciplinary aspects, the main philosophical question concerns the function that diagrammatic representations may have in science. There is a general consensus among philosophers that reasoning visually on diagrams is a valuable heuristic tool. Nevertheless, the question whether diagrammatic reasoning can have an epistemological import has remained largely unexplored. In this talk I shall approach this question and show how sometimes the function of diagrammatic representations can extend to that of `going beyond' the representation itself. To illustrate my point, I will present a very simple case of a physical phenomenon studied through the resources of Euclidean geometry and Euclidean diagrams.
[ Daniele Molinini is currently a FCT Researcher at the CFCUL where he develops a research project untitled "Disclosing the Role of Visual Reasoning and Mathematical Diagrams in Scientific Explanation". He graduated in Physics at the University of Bologna in 2005, with a thesis in bioinformatics and computational biology. After, he got a research fellow at the Department of Genetics, University of Ancona. He got a master in Logic Philosophy History and Sociology of Sciences (LOPHISS) at the University of Paris 7 and a PhD in Epistemology, History and Philosophy of Science from the same university. His dissertation "Toward a Pluralist Approach to Mathematical Explanation of Physical Phenomena", supervised by Prof. M. Panza, has been awarded with the highest distinction for a PhD thesis in France. In November 2012 he got fellowship Fernand Braudel-IFER Outgoing from the FMSH (Paris) and the European Union (Action Marie Curie 7th PCRD). He is currently interested in Philosophy of Mathematics, Philosophy of Science, Physics, Metaphysics and Mathematics ]
Mar

6

11h00 | FDUL
Prova Final de Curso de Doutoramento do Doutorando Andrea Mazzola. A prova final do Curso de Formação Avançada (CFA) (prova final do 1.º ano do Curso de Doutoramento) do Candidato Andrea Mzzola terá lugar no próximo dia 06.03.2017, pelas 11.00h, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em sala a determinar. O júri será composto pelos Senhor@s Professor@s Doutor@s (por ordem alfabética) Cristina Tavares, Jorge Marques da Silva, José Croca (Co-orientador), José Luís Garcia, Mafalda Blanc (Arguente), Maria Fernanda Palma (Presidente), Maria João Brilhante, Nuno Nabais, Olga Pombo, Paulo de Sousa Mendes, Rui Moreira (Orientador) e Teresa Teixeira (Co-orientadora)
Mar

7

16h05 | Auditório IPQ | Caparica

Comunicação de Olga Pombo com o título Conhecimento e medida. Prolegómenos a uma epistemologia da medida no Encontro Adoção do Sistema Métrico e a Metrologia Legal em Portugalpromovido pelo Museu de Metrologia do Instituto Português da Qualidade. [programa] [inscrições]

Mar

10

10:15 | University of Exeter

A Processual Account of Biological Individuality: The Case of Partnerships, por Davide Vecchi na Conference "Organisms: Living Systems and Processes", at Egenis, The Centre for the Study of Life Sciences, University of Exeter [+info] [programa]

Mar

10

14:00 - 15:30 | Hotel Villa Rica Lisboa

Participação de Pio de Abreu com a comunicação Do ponto de vista psicopatológico na sessão O conceito de normalidade, no âmbito do 7º Simpósio do Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, EPE dedicado ao tema Margens Inquietas - entre o normal e o patológico, a decorrer no Hotel Villa Rica Lisboa nos dias 10 e 11 de Março de 2017 [programa]

Mar

10

17:00 - 18:30 | Hotel Villa Rica Lisboa

Participação de Alexander Gerner com a comunicação Techno-fenomenologia de auto-experiências "desencarnadas": Notas sobre fenomena da autoescopia e encontros "resonantes" com Avatares artificias do si na sessão Do Eu ao Outro, no âmbito do 7º Simpósio do Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, EPE dedicado ao tema Margens Inquietas - entre o normal e o patológico, a decorrer no Hotel Villa Rica Lisboa nos dias 10 e 11 de Março de 2017 [programa]

RESUMO: Nessa conferência vamos abordar  experiencias estranhas do si ligados a fenómenos da encorporação (por exemplo a illusão da mão borracha) e "desencarnação" nas experiências autoscópicas casos de direcção diversa dos ponto de vista da atenção serão exemplificados, (a) quer do ponto de vista de um corpo alucinado em direcção a um corpo somático na experiência fora do corpo (OBE) (perspectiva do observador virtual), (b) quer no corpo somático em direcção ao corpo virtual alucinado (perspectiva somática da primeira pessoa) na alucinação autoescópica (c) ou na "heautoscopy" (alternando entre a perspectiva somática 1P e a perspectiva do observador virtual).
Por outro lado, abordaremos experiências induzidas pela manipulação tecnológica (engenheira da experiência transformada), como por exemplo em encontros com duplos artificiais programadas de acordo com as alucinações de pacientes de esquizofrenia como é o caso da terapia com duplos digitais/avatares.
O corpo vivido como uno e sincronizado como ponto de partida da experiência do si e da sua orientação espacial e coordenação atencional esta em jogo e vai ser explorado, bem como a nossa experiência corporal unificada e a suas (des-) sincronizações do si num sentido da atribuição de propriedade e unidade de experiência nas múltiplas ressonâncias de sistemas sensório-motoras e acoplamentos sensório-motoras, tácteis e visuais entre outras. 
Mar

14

15.00 às 17.00| FCUL | Sala 4.3.30

Quarta sessão do Grupo de leitura Filosofia da avaliação da tecnologia do humano e aconselhamento político. A sessão contará com uma apresentação de Nuno Carvalho intitulada «As humanidades científicas de Bruno Latour como guia de orientação nas controvérsias». Durante a sessão discutiremos os seguintes textos: 1) Bruno Latour, Cogitamus – Seis Cartas sobre as humanidades científicas, em particular os capítulos 1, 2 e 5. 2) Rob Kitchin, Big Data new epistemologies and paradigma shifts [link] 3) Steeve Mann, Big Data is a big lie without little data: Humanistic intelligence as a human right [link].

Mar

14

17h30 - 19h30| FCUL | Sala 8.2.13

Vamos falar do cérebro — Projeto Wonderscience por Filipa Carreira Barbosa, no âmbito da Semana Internacional do Cérebro. A sessão contará também com a presença da Dr.ª Joana Alves de Matos, que apresentará um projeto de sua autoria denominado Entregerações

A WonderScience vai abordar a investigação de Neurociência onde é comum utilizarmos modelos biológicos, que podem estar ou não sujeitos a doenças, que executam tarefas comportamentais simples para que possamos relacionar os comportamentos dos animais à sua atividade cerebral. Nesta apresentação poderá pôr-se na pele do experimentador ou do animal, experimentando diferentes tarefas e avaliando você mesmo para que servem e quão fácil é executá-las e ensiná-las. Vamos falar, também, da parte de desenvolvimento Humano e suas áreas sociais
Mar

16

15h | FCSH UNL (Av. Berna)

Provas de Doutoramento de Sílvio Filipe Varela de Sousa, com júri constituído por Olga Maria Pombo Martins, Filomena Molder, António Marques, Paulo Tunhas, José Ferreirós e Daniele Molinini.

Mar

17

11h | FCUL | Sala 3.2.15

Sobre verdad e historia en matemáticas, conferência do Professor José Ferreirós (Universidad de Sevilla) no âmbito das "Conferências de Filosofia das Ciências", com o apoio do Instituto de Filosofia da Linguagem da Universidade Nova de Lisboa (IFILNOVA).

¿Son verdaderos los teoremas matemáticos? ¿En qué sentido? ¿Qué los hace verdaderos? Poincaré argumentó que, en algunos casos, los principios matemáticos son convencionales, sin garantías absolutas, pero Gödel defendió una influyente visión platonista con la que pretendía vindicar la totalidad de la matemática moderna. Ligado a estos mismos temas está otro orden de preguntas: ¿Hay que tomar en serio la historicidad de las matemáticas? ¿Es posible pensar que la aceptación de algunos principios básicos en matemáticas es contingente? Y en tal caso, ¿no se pone en cuestión la racionalidad de esta ciencia modelo? ¿Se trataría de meras ficciones?
En esta conferencia defenderé una posición muy matizada acerca de los problemas indicados, en la línea de la concepción hipotética de la matemática avanzada que he planteado en mi reciente libro (Ferreirós 2016). Esto nos permitirá entender que la aceptación de la matemática moderna no nos arroja en brazos de un "absolutismo platónico"; que admitir cierta historicidad no es incompatible con el ideal de objetividad del conocimiento; que, a fin de cuentas, las dicotomías simplistas del tipo conocimiento vs. invención son injustificables.
Mar

18

18h | Fábrica Braço de Prata.
"O Cérebro e a Filosofia" Invited Talk por Catarina Pombo Nabais, no âmbito da Semana Internacional do Cérebro "2017 Brain Awareness Week", organizada pelo iMed.ULisboa, Fábrica Braço de Prata. [cartaz]
Mar

23

15h - 19h | FCUL | Sala 6.2.50

Illustrative ID cases - 4th Workshop of the Thematic Line Unity of Science and Interdisciplinarity [program]

Mar

28

15.00 às 17.00| FCUL | Sala 4.3.30

Quinta sessão do Grupo de leitura Filosofia da avaliação da tecnologia do humano e aconselhamento político / Philosophy of Technology Assessment and Policy Advice. Durante a sessão discutiremos os seguintes textos:
http://intertheory.org/gunkel-cripe.htm; https://arxiv.org/pdf/1606.02583.pdf; If Animals Have Rights, Should Robots? Durante a sessão discutiremos igualmente as primeiras ideias a apresentar no âmbito do projecto FCT.

Mar

30

19h | Palácio Pombal / MUDE Fora de Portas

O mais profundo é a pele, Colecção de tatuagens 1910-40 Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, com curadoria de Catarina Pombo Nabais e Carlos Branco. No Palácio Pombal / MUDE Fora de Portas, com inauguração dia 30 de Março às 19h e patente no Palácio Pombal (R. do Século, 79) de 30 Março 2017 a 25 Junho 2017.

[+info] [notícia no Diário de Notícias - online / pdf]

Abril 2017

Abr

2- 22

CFCUL

Visiting period de Flavio D'Abramo, Marie Curie fellow at Freie Universität Berlin.
He has studied philosophy and history of science in Rome, London and Paris, focusing on epistemological, historical and sociological aspects of epigenetics. In the last years, he has integrated methodologies from ethnology and social sciences to ground his research within situated contexts. he is actualy working on autonomy of individuals in healthcare setting, and developing a project for a comparative, multi-national study around different uses of epigenetics.

Abr

3

11h | FCUL | Sala 6.1.25

Mathematical Pluralism: What is it?, por Michèle Friend (The George Washington University, Washington, DC, USA), no âmbito do Reasoning Seminar. [cartaz]

Mathematical pluralism is a principled skeptical position. It is 'principled' in the sense that the mathematical pluralist accepts that it might turn out that there is one thing called 'mathematics' that it can be fully captured by one mathematical theory, such as a set theory, category theory, type theory or homotopy type-theory or something else. Should things turn out this way, then the pluralist will set aside his pluralism and will become a monist. The mathematical pluralist is a 'skeptic' because he thinks that the evidence for monism is not strong presently.
I discuss some of the reasons why one might think that the evidence for monism is lacking.
I also discuss what mathematical pluralism looks like at first sight. That is, there are several ways, and degrees within those ways, of being a pluralist. I discuss some of these ways. The list from which I shall probably draw is: epistemological, in truth, in ontology, in foundations and in methodology.
Lastly, I discuss some of the virtues or vices of being a pluralist, answering questions such as: Do we learn more as a pluralist? Are we more honest as a pluralist? Are we more clear and precise? And, of course, how it is that we can measure and compare such things.
Abr

4

11h às 13h | FCUL

The TTB conferences and the epigenetic turn, por Flavio D'Abramo, no âmbito do Seminário Permanente de Filosofia das Ciências.

Abr

6

15h às 19h | FCUL | | Sala 6.2.50

A philosophical and socio-empirical critique of autonomy in the clinical setting, por Flavio D'Abramo, no âmbito do Seminário de Doutoramento do Programa de Doutoramento em Filosofia da Ciência, Tecnologia, Arte e Sociedade.

Maio 2017

Mai

24-26

Lubrański's Hall at the Collegium Minus, Adam Mickiewicz University | Poznań, Polónia

Science and Art. Variations upon a Common Ground, por Olga Pombo, na qualidade de Keynote Speaker no congresso The Second World Congress on Analogy a realizar entre 24 e 26 de Maio de 2017 em Poznań, Polónia. [+info] [keynote speakers] [cartaz]

Junho 2017

Jun

1-2

9h-19h | Lisboa | FCUL | Sala 8.2.02 e Anfiteatro da Fundação da FCUL

Conferência Internacional IASC Conference 1-2 de Junho de 2017, intitulada "Crossing Borderlines: Controversies and Interdisciplinarity", organizada por Giovanni Scarafile e Olga Pombo. [+info] [Official Video IASC Lisbon Conference] [Video Introducing Logo IASC Lisbon Conference]

Jun

7-8

FCUL

Jornadas de Doutoramento PD-FCTAS | (sala e programa a anunciar)